20 de mar de 2013

Highlanders do Brasil - Chevette Antiqué


Mais um Highlander brasileiro no blog. Agora é a vez do saudoso Chevette, que para encarar os anos 2010, aderiu a nova identidade visual da Chevrolet. Somente para deixar bem claro, nesta serie, minha intenção não é fazer uma reedição dos antigos, nem deixa-los mais bonitos. Trata-se de uma visão de como eles seriam, se fossem fabricados ainda hoje, em uma realidade alternativa.


Confesso que foi um pouco mais difícil fazer esse Chevette, primeiro porque é difícil achar imagens de carros antigos em boa qualidade, sofri com isso no Gol, mas com o Chevette ficou mais difícil achar, pois ou elas eram pequenas e de ângulos ruins, ou eram imagens antigas da época  com qualidade muito inferior. E também  porque as linhas do Chevette não casavam com a nova frente da marca, então tive que fazer uma gambiarra.

Como puderam ver, a frente foi bastante mexida, ganhando o visual inspirado no Onix, adotando assim, a nova identidade visual da Chevrolet.


A traseira também sofreu mudanças, ganhando novas lanternas e para choques, para se adequar aos novos tempos. Tentei me inspirar no Cruze, mas acho que não deu muito certo, rs.


Voces podem estar estranhando esse interior do Celta aqui, mas tenho uma explicação. Simplesmente não consegui achar nenhuma imagem boa do interior do Chevette, ou estavam em ângulos que simplesmente não tinha como alterar nada, ou estavam personalizados, e portanto, sem possibilidade de trabalhar com eles, ou as fotos eram pequenas demais, então não deu para mudar o interior, fico devendo essa.

Mas para não dizer que foi falha do autor, vamos dizer que a GM usou o interior do Celta para economizar os custos,rs.

Quanto a faixa de preço, presumo que ele ficaria abaixo do Classic, que já é um highlander, então acho que partiria de 16.000 (poxa, é um projeto dos anos 70, não pode custar mais que isso!!!) na versão básica, sem itens de serie. Se quiser deixa-lo igual o da foto, teria que pagar pelo pacote LTZ, o que faria o preço subir para 23.000.

Ah, quanto ao nome, bem, já que temos o Classic (que vem de clássico) , então o Chevette seria Antiqué, que vem de antigo, rs.

Um comentário: